Luto, lutos…

Uma separação nunca é uma só mas várias. Mesmo e sobretudo quando se trata de uma só separação. A pessoa que vivia connosco desempenhava vários papéis na nossa vida: a de amante, amiga, pai, mãe, protectora, protegida.

É todo um conjunto de sombras que temos de reconfigurar na nossa memória. As sombras vão-se rasgando, uma a uma. As mentiras da amante, o pai que afinal não é tão extremoso…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s