Diálogo de gerações

Objetivo Reflexão sobre as diferentes utilizações da internet, com particular ênfase na questão das gerações.   1ª fase Diálogo breve sobre os diferentes usos da internet, tendo em linha de conta a diferença de idades e de expetativas entre gerações. – 2ª fase Organizam-se grupos de trabalho e distribuem-se os casos (dois grupos com o […]

A minha caixa de correio

Objetivo Reflexão em grupo sobre a gestão das caixas de correio: que cuidados e aspetos positivos este instrumento pode ter. – 1ª fase Levantamento de necessidades em termos de diálogo com os alunos sobre a utilização de mails: com quem trocam mensagens, se recebem muito lixo (spam). – 2ª fase O dinamizador pede aos alunos […]

As ondas de solidariedade

Objetivo Reflexão sobre movimentos de solidariedade ou de aviso que se propagam via e-mail: quais os seus perigos e os benefícios. – 1ª fase Discussão em grande grupo sobre abaixo-assinados, aviso de vírus, procedimentos supostamente enganosos de certas empresas, ou solidariedades para com certos países ou pessoas vítimas de infortúnio.   2ª fase O trabalho […]

O que é ter dinheiro na net?

Objetivo Promoção de reflexão sobre o que é o dinheiro na net e o que é o dinheiro virtual.   1ª fase Conversa inicial para enquadrar a atividade. Desta feita, versará o que é o dinheiro real na internet, ou seja quando se gasta dinheiro para se ter privilégios nalguma plataforma virtual (em jogos ou […]

Há muito tempo que te não via… mas vi?

Objetivo Promoção de reflexão conjunta sobre o que é conhecer e manter amizades em suporte informal. – 1ª fase Promove-se um diálogo sobre o seguinte assunto: há pessoas que mantêm amizades via internet. Tratam-se de pessoas que se conheceram numa época, mas que a vida acabou por separar. Será que vocês têm também antigos colegas […]

Encontros cegos

Objetivo Promover discussão e reflexão sobre o que é conhecer alguém.   1ª fase O dinamizador promove a habitual conversa inicial, desta vez versando a ideia de não se conhecer completamente as pessoas com quem se interage via internet: não lhe conhecemos a voz e as feições (caso não se use a webcam); a forma […]

Somos escritores!

Objetivo Promover conhecimento da blogosfera. Incentivar a construção de um blogue.   1ª fase Reflexão sobre o que é um blogue. Quem sabe o que é? Quais as temáticas a que podem ser dedicados? Discussão em grande grupo. – 2ª fase Formação de pequenos grupos. Diz-se que a ideia será construir um blogue dedicado a […]

Vamos fazer uma partida?

Objetivo Promover trocas de impressões sobre as certezas que podemos ter na internet, assim como desmontar a ideia de segurança, certeza e invulnerabilidade que muitos dos adolescentes desenvolvem na sua relação com os mundos virtuais.   1ª fase O que farias para enganar alguém na net: numa rede social, num chat, messenger, em jogos MMOG […]

Falar de quê?

Objetivo Reflectir sobre o «excesso de comunicação»: as pessoas na internet conversam quase sem existir nenhum motivo para a interacção.   1ª fase É importante que esta actividade não seja muito explicada no início. O dinamizador pode adoptar uma atitude evasiva, explicando que lá mais para a frente vão perceber o porquê da actividade de […]

O noob

Objetivo Abordar o sentimento de segurança desenvolvido por muitos utilizadores de plataformas internáuticas. Discutir quais as competências importantes para se navegar na net com o mínimo de segurança.   1ª fase Dinamizador promove breve conversa sobre o conceito de noob (newbie): um utilizador ingénuo que não percebe as armadilhas que os outros lhe montam ou […]

Notas sobre a educação para o uso da internet – P3

Fazemos aqui breve notícia de um artigo de opinião publicado recentemente no P3 Ao homem não basta a celeridade natural. A sociedade que criou possibilita um ritmo muito mais elevado — exige um ritmo muito mais elevado. O homem fica, pois, a estar mais adaptado se associado a uma máquina informática que o inscreva como […]

O que é indispensável para se navegar no virtual?

Desafio numa sala de aula, pergunto o que é necessário para navegar na internet. As respostas sucedem-se por caminhos previsíveis: ter um computador, ligação, ter um browser… Mas nunca me dou por satisfeito. Há algo muito importante que não se estão a lembrar. Silêncio. Mostro então uma imagem com um computador e uma cadeira vazia. […]

Interajuda na internet

Muitas das ferramentas da internet que hoje conhecemos foram sendo construídas através do esforço de comunidades informais de utilizadores. Referimo-nos a programas de informática e mesmo a sistemas operativos como o linux. Os fóruns e as redes sociais, para citar apenas alguns exemplos, transportaram a solidariedades virtual para outros níveis. Há uma dúvida de bricolage […]

APPS e educação para a saúde

A educação para a saúde apresenta diversos constrangimentos que obstam ao seu desenvolvimento. Um deles tem que ver com as limitações em termos temporais: os currículos são cada vez mais exigentes. Há progressivamente menos tempo a poder ser dedicado à reflexão e debate destes temas. A possibilidade da criação de aplicativos para dispositivos móveis torna […]