Vamos ser detetives?

Objetivo Promover reflexão, no grupo de jovens, sobre o modo como poucas informações podem levar a saber muito sobre uma determinada pessoa.   1ª fase Depois de organizados em grupos e de uma breve preleção sobre o propósito desta atividade, realiza-se um jogo do stop com nomes de pessoas (nomes próprios e depois de família). […]

Falares e dialetos

Objetivo Levantamento de palavras, ideias e conceitos que os adolescentes utilizam ou inventaram a propósito do seu envolvimento com a internet.   1ª fase Breve diálogo sobre o calão que os adolescentes desenvolvem relacionado com a internet. – 2ª fase Cada pessoa presente divide uma folha de papel A4 em pedaços pequenos e escreve em […]

Queres ser meu amigo? Sou amigo do amigo do amigo…

Objetivo Trabalhar o impacto das redes sociais. Nomeadamente, a reflexão sobre se os amigos dos meus amigos são também amigos ou, pelo contrário, desconhecidos.   1ª fase Diálogo inicial sobre as redes sociais e as suas utilizações: desde objetivos profissionais, de convívio mas também sobre pessoas que querem ter muitos amigos… Ao aceitar pessoas para a […]

É bom incentivar o uso da net? O que não foi feito

Objetivo Mobilizar o grupo para a tomada de medidas que possam ser tomadas, de modo a melhorar a utilização da internet por parte dos menores que tenham à sua guarda. – 1ª fase Levantamento das medidas que foram tomadas relativas à utilização da internet por parte das crianças e adolescentes. A conversa incidirá sobre a […]

Como lidar com…

Objetivo Aumentar competências do grupo em relação a lidar com casos problemáticos relacionados com a internet. As competências não devem ser apenas individuais, mas também ter em conta as potencialidades da escola e da família. – 1ª fase O dinamizador conduz um breve diálogo sobre casos em que os jovens conhecem pessoas que os enganam […]

Ciberbullying – direitos digitais

Li (14 de janeiro de 2015) a referência a um estudo da DECO e da Universidade Autónoma em que 45% dos inquiridos afirmam ter amigos que já foram vítimas desta forma de violência. O número baixa para 14,3% quando se trata de assumir a experiência na primeira pessoa. A violência no virtual, a um eu […]

A necessidade de uma educação para uma utilização segura da internet

Nos últimos anos tem-se incentivado a utilização da internet como ferramenta educativa. Pretende-se familiarizar os mais novos com os meios informáticos, não apenas na vertente lúdica mas sobretudo como contexto de aprendizagem e de pesquisa. Numerosos suportes informáticos se comercializam en CD cruzando diversos saberes: a aprendizagem do português, da matemática mas também a parte […]

O tempo e os seus modos

Ciclo de debates interdisciplinares Setembro a Dezembro 2014 Coordenação geral: Vítor Oliveira Jorge (Professor da FLUP, aposentado) e Catarina Martins (Professora da FBAUP) Organização da associação Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia (SPAE) em colaboração com o i2ADS – Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade (FBAUP) Colaboração da FPCEUP   Porto, Auditório da […]

Telepresença

O vocábulo encerra a ambiguidade evidente no uso das novas tecnologias. Uma verdade, por tão evidente, muitas vezes esquecida: quando estamos a conversar com alguém, via sonora ou mesmo com o socorro de imagem, não estamos perante alguém mas uma representação de um outro que está afastado. (nota publicada aqui). * Também poderá estar interessado […]

As lições do Avô Cantigas

As novas tecnologias estimulam as crianças e adolescentes relativamente a áreas que são desconhecidas dos seus pais. A figura do adulto desarmado perante o saber do seu filho não é estranha à maior parte de nós. A aceleração tecnológica vem, em parte, erodir a ideia de que a idade é um posto. Os mais novos […]

Uso da internet e hiperatividade?

«Já nos estudos de Yoo et al, com 535 crianças coreanas, 14% da amostra cumpriu critérios de dependência de Internet, além de ser observada grande correlação entre transtorno do déficit de atenção /hiperatividade (TDAH) e o grau da severidade do uso de Internet…» Encontrei esta passagem no artido Dependência de Internet e de jogos  eletrônicos: […]

Os cyber-cafés: o mundo virtual e a dissipação dos corpos

Passou a ser quase lugar comum, quando se fala na Internet, sublinhar-se os perigos de um espaço que é volátil, em que as identidades não estão definidas à partida. Multiplicam-se os mal entendidos, algumas vezes bem desagradáveis. Avisem-se os incautos pais: é preciso saber se as filhas passam demasiado tempo ao computador, podem estar a […]

Educação para o Uso da Internet – Uma abordagem através das Dinâmicas de Grupo

Disponibilizamos aqui em formato e-book um livro de dinâmicas de grupo que permite aos professores e educadores em geral a educação e promoção da saúde – especialmente mental – no âmbito do uso das novas tecnologias, particularmente aquelas que têm que ver com a utilização da internet por parte dos mais novos. Lê-se na contracapa: […]

O desaparecimento do género epistolar

A facilidade com que nos comunicamos: existem os mails, a troca de sms ou as conversas on-line em tempo real. Com isto a correspondência física, a dos envelopes e selos, reduziu-se à expressão mais insignificante. O que acontece com texto propriamente dito? Surge rasurado em mails circunstanciados ou em frases isoladas. O género epistolar está, […]

O Inumano Indaga

Ao tentar entrar pela segunda vez num site, como utilizador registado, fui imediatamente intimado: «digite as letras abaixo, prove que não é uma fraude.» * Também poderá estar interessado em ler: Interface homem máquina As redes sociais: que desafios para a educação? A telecracia: o governo através de imagens