Conhecimento de si na sociedade do conhecimento – Luís Fernandes

Conhecimento de si na sociedade do conhecimento – Cinco textos inquietos Lançamento do livro 13 de dezembro | 18h15 | Reitoria da U.Porto Na quarta-feira, 13 de dezembro, será lançado o livro “Conhecimento de Si na Sociedade do Conhecimento – Cinco textos inquietos”, coordenado por Luís Fernandes. O livro reune textos de Luís Fernandes, Maria […]

Falares e dialetos

Objetivo Levantamento de palavras, ideias e conceitos que os adolescentes utilizam ou inventaram a propósito do seu envolvimento com a internet.   1ª fase Breve diálogo sobre o calão que os adolescentes desenvolvem relacionado com a internet. – 2ª fase Cada pessoa presente divide uma folha de papel A4 em pedaços pequenos e escreve em […]

Suportes de escrita

Escreve-se com a pena mergulhada repetidamente na tinta? Ou com uma moderna esferográfica num simples e barato caderno? O computador substituiu tudo isto, dir-me-ão, prontamente. Na verdade nem isso corresponde exatamente à realidade. Escreve-se na net, através do computador e o meio é multissensorial. O artigo idealmente não se cinge à escrita mas exige imagens: […]

A morte das conversas

No final do ano passado li um pequeno apontamento sobre a morte das conversas. Trata-se de um projeto de fotografia que captura modos de interação entre as pessoas e os seus smartphones e dispositivos do género (que pode consultar aqui). Alguns teóricos que estudam formas de adoecer e o uso das novas tecnologias, relacionam a […]

Reautoria: que palavra é esta?

É interessante pensarmos nas palavras e no que elas implicam – mesmo quando as achamos em aplicativos informáticos. Procurava descobrir na internet uma forma de recortar um vídeo em que participei anos atrás. As instruções eram claras e facilmente inteligíveis. Fiquei foi a pensar num nome de um botão do aplicativo: «re-author». Ser reautor, apropriarmo-nos […]

Telepresença

O vocábulo encerra a ambiguidade evidente no uso das novas tecnologias. Uma verdade, por tão evidente, muitas vezes esquecida: quando estamos a conversar com alguém, via sonora ou mesmo com o socorro de imagem, não estamos perante alguém mas uma representação de um outro que está afastado. (nota publicada aqui). * Também poderá estar interessado […]

Dia Mundial da Internet Segura

Neste Dia Mundial da Internet Segura em que se partilham aplicativos que possam permitir uma navegação mais segura no mundo da internet, recordo que nem tudo passa por aí. As questões educativas são fulcrais no sentido de promover uma navegação mais segura, especialmente por parte dos mais novos. É neste sentido que recordo a existência […]

Os videojogos: notas para um debate

A tecnologia é apropriada e acaba por assumir funções centrais na vida de todos nós. Ela cria necessidades, torna outras mais facilmente satisfeitas, mas também interage connosco, tornando-nos diferentes. Assim, enumeremos alguns factos: o uso da internet pode fazer com que as capacidades de atenção e concentração não sejam tão estimuladas. Existem também numerosos casos […]

O inumano

A tecnologia influência o nosso modo de pensar. Exige o desenvolvimento de determinadas competências, relega outras para segundo plano. Kerckhove, no seu livro A Pele da Cultura, debruça-se sobre a história da humanidade a partir precisamente desse prisma: qual o impacto que as descobertas e os avanços tecnológicos tiveram na forma como pensamos. Ou seja, […]

Uso da internet e hiperatividade?

«Já nos estudos de Yoo et al, com 535 crianças coreanas, 14% da amostra cumpriu critérios de dependência de Internet, além de ser observada grande correlação entre transtorno do déficit de atenção /hiperatividade (TDAH) e o grau da severidade do uso de Internet…» Encontrei esta passagem no artido Dependência de Internet e de jogos  eletrônicos: […]

O desaparecimento do género epistolar

A facilidade com que nos comunicamos: existem os mails, a troca de sms ou as conversas on-line em tempo real. Com isto a correspondência física, a dos envelopes e selos, reduziu-se à expressão mais insignificante. O que acontece com texto propriamente dito? Surge rasurado em mails circunstanciados ou em frases isoladas. O género epistolar está, […]

O binómio homem-máquina – crónica

A propósito do último texto, diversos leitores chamaram a atenção para a importância da bicicleta como instrumento para a afirmação de novas formas urbanas de mobilidade. Nada tenho a obstar. Um dos assuntos que me motivou então foi o impacto que cidades não pensadas à escala humana têm no nosso quotidiano. Em que medida o […]

A cidade moderna: mobilidade e anonimato

Subitamente, todos ficámos presos da necessidade de velocidade. As vias rápidas inundaram o nosso quotidiano. A omnipresença do automóvel fez-se sentir em todos os espaços. Os rostos passam num ápice: em vez da senhora da mercearia ou do dono do café que nos conhecem desde meninos, o contacto tornou-se distante e impessoal. Deslocamo-nos ao hipermercado, […]

Nicks e chats – para uma etnografia do virtual, memória

Recordando a obra vinda a lume há três anos… A presente obra é fruto da aplicação de métodos de observação naturalista às interacções em salas de chat. Essas vivências foram depois objecto de reflexão e sistematização. Serviram ainda de grelha de recolha de dados, aferida também em salas brasileiras e anglo-saxónicas com funcionamentos bastante distintos. […]

A propósito da netiquete: uma proposta de intervenção em grupo

Temos vindo a abordar a questão da literacia mediática, mais concretamente a área da educação para uma utilização saudável e equilibrada da internet. A profusão do acesso aos mundos virtuais, por parte dos mais novos, desequilibra a tradicional relação entre eles e os mais velhos. A inovação é tanta que, subitamente, a experiência e a […]