Conhecimento de si na sociedade do conhecimento – Luís Fernandes

Conhecimento de si na sociedade do conhecimento – Cinco textos inquietos Lançamento do livro 13 de dezembro | 18h15 | Reitoria da U.Porto Na quarta-feira, 13 de dezembro, será lançado o livro “Conhecimento de Si na Sociedade do Conhecimento – Cinco textos inquietos”, coordenado por Luís Fernandes. O livro reune textos de Luís Fernandes, Maria […]

A omnipotência das audiências

O cliente tem sempre razão: mas neste caso trata-se de um cliente consumidor de produtos culturais. Ou ainda, e mais precisamente: o cliente organizado em grupo. Chegamos, pois, à ideia da omnipotência das audiências. Duas ilustrações: a exigência que se fez a Salvador Sobral para tocar a sua canção mais emblemática – apesar do cantor […]

Teleamnésia: o que é?

A metáfora da caverna sempre fascinou os homens desde os tempos da antiguidade, quando descrita por Platão, e simbolizou os extremos de alienação de que o ser humano é capaz. Mais recentemente Saramago no seu romance com o mesmo nome situou no grande centro comercial, um lugar fechado ao exterior, o cenário de uma alienação […]

O branco do preto e o preto do branco

Objetivo Identificar aspectos positivos e negativos de conhecer pessoas pela internet. – 1ª fase Cada elemento do grupo escreve numa folha aspectos positivos e negativos de conhecer pessoas na internet. Caso o grupo não tenha muito conhecimento deste tipo de interações, será necessário ter uma conversa antes do início da actividade: há pessoas que entram […]

Quantas nets há na net?

Objetivo Desenvolvimento de conhecimentos e de representações do grupo de formandos face a várias plataformas virtuais.   1ª fase Breve discussão sobre as possibilidades que a internet proporciona. A discussão deve ser sobretudo direccionada para os suportes existentes, quer no que respeita a redes sociais, quer no que concerne a formas de comunicação em tempo […]

Ciberbullying – direitos digitais

Li (14 de janeiro de 2015) a referência a um estudo da DECO e da Universidade Autónoma em que 45% dos inquiridos afirmam ter amigos que já foram vítimas desta forma de violência. O número baixa para 14,3% quando se trata de assumir a experiência na primeira pessoa. A violência no virtual, a um eu […]

A necessidade de uma educação para uma utilização segura da internet

Nos últimos anos tem-se incentivado a utilização da internet como ferramenta educativa. Pretende-se familiarizar os mais novos com os meios informáticos, não apenas na vertente lúdica mas sobretudo como contexto de aprendizagem e de pesquisa. Numerosos suportes informáticos se comercializam en CD cruzando diversos saberes: a aprendizagem do português, da matemática mas também a parte […]

A morte das conversas

No final do ano passado li um pequeno apontamento sobre a morte das conversas. Trata-se de um projeto de fotografia que captura modos de interação entre as pessoas e os seus smartphones e dispositivos do género (que pode consultar aqui). Alguns teóricos que estudam formas de adoecer e o uso das novas tecnologias, relacionam a […]

Trabalho para casa e autonomia

Muitas das escolas, ditas de excelência, tentam estabelecer padrões de estudo e exigência altos. Estes objetivos passam também pela marcação de muitos trabalhos de casa. Parte-se do pressuposto que, ao não existirem essas indicações, não se registará tanto estudo. O risco deste estado de coisas, que pretendemos aqui sinalizar, é precisamente o oposto: o estar […]

Palimpsesto e teleamnésia

Na idade média havia o palimpsesto, o livro que era sucessivamente apagado e novamente escrito. Guardar informação era algo muito caro, frequentemente impossível de se realizar. Agora a armazenagem parece ser infinita, tudo pode ser escrito e reescrito, guardado num link, numa pen, onde for. Parece ser possível digitalizar o mundo e torná-lo habitante de […]

O tempo e os seus modos

Ciclo de debates interdisciplinares Setembro a Dezembro 2014 Coordenação geral: Vítor Oliveira Jorge (Professor da FLUP, aposentado) e Catarina Martins (Professora da FBAUP) Organização da associação Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia (SPAE) em colaboração com o i2ADS – Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade (FBAUP) Colaboração da FPCEUP   Porto, Auditório da […]

Interface homem máquina

A eficácia interáutica é tão grande, tão rápido o acesso à informação que não basta uma janela aberta no computador. Ativa-se uma e pouco depois mais outra. Ao estímulo segue-se instantaneamente outro clique. Nunca na história da humanidade houve notícia de um acesso à informação desta magnitude. Pensemos agora no computador à nossa frente. Tem […]

As tecnologias obsoletas

Propôs-se o termo de obsolescência planeada a um conjunto de fenómenos que tendem a inutilizar os objetos que possuímos, obrigando-os de um modo ou outro a comprar outros. Não se trata apenas do exemplo clássico da lâmpada preparada para fundir mais rapidamente. São os sistemas informáticos em constante mudança, os dispositivos de armazenamento de informação […]

O mundo dos símbolos

O símbolo revoltou-se, cortou amarras com a realidade. Existe por só, independentemente do mundo. Por vezes, impacienta-se: não aceita contrariedades, que lhe digam que pode estar errado. Se as coisas não são como o símbolo lhes diz para ser, então que se corrija o mundo. In Teleamnésia – um percurso pelo poder alienantes das novas […]

O inumano

A tecnologia influência o nosso modo de pensar. Exige o desenvolvimento de determinadas competências, relega outras para segundo plano. Kerckhove, no seu livro A Pele da Cultura, debruça-se sobre a história da humanidade a partir precisamente desse prisma: qual o impacto que as descobertas e os avanços tecnológicos tiveram na forma como pensamos. Ou seja, […]