Objeto Totalizante e o consumo do produto mediático: notícia

cartasNo espaço mediático, o acontecimento e a sua interpretação completam, não raras vezes, um círculo em que o telespetador fica excluído. Em poucas palavras: o acontecimento representado (porque televisionado) é capturado pelos comentários que o expurgam da sua subjetividade e polissemia – isto aconteceu desta e daquela maneira.

Emergem atualmente peritos de impacto na opinião pública. Não se trata tanto da discussão de ideias e de projetos mas de analisar o modo como eles foram defendidos em termos de espetáculo. Quem vendeu melhor ou pior a sua imagem? Quem fez o mesmo a partir das suas perspetivas e interesses? Deste modo, o conceito e a lógica perdem a sua centralidade porque lidas em função do que o sujeito televisionado faz com elas, em termos de marketing visual e de estratégia política – ou outra, conforme os casos em análise.

*

(notícia de um artigo publicado no Psicologia.pt – o Portal dos Psicólogos – leia aqui a totalidade do trabalho).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s