Jogar na net: diversão sem perigo?

Objetivo

Promoção de reflexão sobre os jogos que possibilitam contactos via internet. Também se proporciona trabalho na temática da identidade de género.

1ª fase

O dinamizador introduz a questão dos jogos em ambiente virtual. Deve explorar que tipo de jogos o grupo conhece, quais os que são preferidos e os que não o são. Tenta ainda explorar as experiências concretas. Se se proporcionar, pode ainda explorar as preferências dos rapazes e das raparigas. Introduz-se, desde modo, a fase seguinte da actividade.

2ª fase

Divide-se a turma em dois grupos (ou mais, se esta opção não for funcional), independentemente do género: uma metade vai inventar uma menina/rapariga viciada em jogos, imaginar-lhe um estilo de vida, bem como os jogos preferidos. A outra metade vai abraçar idêntica tarefa, desta vez para uma personagem masculina.

3ª fase

Partilha em grande grupo. O dinamizador deve explorar que tipo de jogos, que motivações, são diferentes nos meninos e nas meninas. Deve ainda explorar quais os perigos que podem ser detetados em cada um dos jogos, assim como o que se deve fazer nessas situações. Se for estruturante, pode optar-se por novo trabalho em pequeno grupo sobre este tópico.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s