A cidade moderna: mobilidade e anonimato

Subitamente, todos ficámos presos da necessidade de velocidade. As vias rápidas inundaram o nosso quotidiano. A omnipresença do automóvel fez-se sentir em todos os espaços. Os rostos passam num ápice: em vez da senhora da mercearia ou do dono do café que nos conhecem desde meninos, o contacto tornou-se distante e impessoal. Deslocamo-nos ao hipermercado, […]