Uma arte difícil: quando agir e quando não agir face a crianças e adolescentes

O filme «Amo-te Teresa» de Ricardo Espírito Santo e Cristina Boavida passa-se em torno da velha ideia do amor proibido. A Teresa, uma médica, regressa para exercer a sua profissão na vila em que cresceu. O acontecimento proporciona uma série de reaproximações. Revê amigos da família e, sobretudo, torna-se íntima de uma amiga de infância. […]