Jaime Cortesão detido – WW I

«É esta então a Mãe-Pátria?» – interroga-se Jaime Cortesão nas suas Memórias da Grande Guerra. Tinha-se voluntariado para a frente, integrando o Corpo Expedicionário Português (CEP) como médico militar. As peripécias e os ataques sucedem-se. Acaba gaseado num hospital da retaguarda – também ele alvo da artilharia boche. Regressa a Portugal de licença, não sem […]