Interface homem máquina

ciber punkA eficácia interáutica é tão grande, tão rápido o acesso à informação que não basta uma janela aberta no computador. Ativa-se uma e pouco depois mais outra. Ao estímulo segue-se instantaneamente outro clique. Nunca na história da humanidade houve notícia de um acesso à informação desta magnitude.

Pensemos agora no computador à nossa frente. Tem quatro ou cinco janelas ligadas, uma quantidade de informação que demoraria largas horas a ser digerida. De que valeu a celeridade?

Na verdade, o computador é mais célere que a parte humana que o parece comandar. O excesso de informação não é assimilado. Os olhos saltam de sublinhado em sublinhado, admiram imagens mas não se conseguem prender à totalidade do texto. Está bom de ver: os estímulos são tantos que a vontade de saltar de ligação em ligação acaba por prevalecer.

A atenção esfarela-se num sem número de percursos que desembocam demasiadas vezes em nada. Deseja-se o binómio homem máquina por imperativos de eficácia. Eis que a máquina é mais eficaz do que o homem.

Um novo mapa de patologias e perturbações do comportamento abre-se sobre a mesa. Se nuns casos, estamos perante comportamento já antigos como a prostituição ou o jogo patológico, noutros não será bem assim.

Plataformas de interação, redes sociais, permitem o aparecimento de fenómenos até agora desconhecidos: namoro virtual com ou sem ligação à «realidade»; ativismos virtuais; jogos de estratégia em tempo real. Para todos estes contextos internáuticos, comportamentos disruptivos se observam. Pessoas que se vão desligando de outras dimensões das suas vidas para passarem cada vez mais tempo no mundo virtual.

A interrogação: ser homem ou máquina? Será atual num futuro mais ou menos próximo?

*

Poderá também estar interessado em:

As tecnologias obsoletas – ler aqui

Notas sobre o ato de não ler na internet – ler aqui

Os videojogos: notas para um debate – ler aqui

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s