Nicks e chats – para uma etnografia do virtual, memória

Recordando a obra vinda a lume há três anos… A presente obra é fruto da aplicação de métodos de observação naturalista às interacções em salas de chat. Essas vivências foram depois objecto de reflexão e sistematização. Serviram ainda de grelha de recolha de dados, aferida também em salas brasileiras e anglo-saxónicas com funcionamentos bastante distintos. […]