O direito ao esquecimento

As novas tecnologias permitem o armazenamento da informação a um nível completamente impensável há anos atrás. Os nossos atos virtuais permanecem intactos por longos anos. A privacidade pessoal é assim completamente redefinida. Também nós contribuímos para a sua quase completa – exageramos? – desaparição. Somos nós que partilhamos nas redes sociais imagens nossas, pequenos pensamentos […]