A palavra de honra: ditos e por dizer…

Declara nas rádios, em tom acusador, um dirigente partidário: «foi uma quebra grave da palavra de honra.» Ao que pretendeu dizer, soma-se ainda o não dito – revelador – há quebras pouco graves da palavra? * Também poderá estar interessado em ler: Vinho e crédito ao consumo Laocoonte ou a maldição do saber Terrorismo e […]

Sobre as campanhas eleitorais…

Imaginem: um candidato a cumprimentar pessoas que não conhece, a beijá-las, a manter conversas que não lhe interessam… E sorrir a tudo, mostrar boa disposição: eis a vertente maníaca do comportamento manipulador. * Também poderá estar interessado em ler: Como manipular um grupo: a propósito de umas férias mal passadas As eleições para as OPP […]

Campanha eleitoral: os bodes expiatórios

Esboçaram-se alguns movimentos de auditoria às contas da nossa república mas nada aconteceu… «não procurem bodes expiatórios» (como se procurar responsabilidades fosse um movimento indigno em democracia) resultado: uma campanha eleitoral cheia de acusações sobre quem foi irresponsável. Novamente, as emoções afloram e expulsam o pensamento – aliás recusado desde o início… * Também poderá estar interessado […]

“O euro é a moeda mais forte do mundo”

“O euro é a moeda mais forte do mundo” declarou um alto responsável europeu… ao fazê-lo reconheceu, implicitamente, que a afirmação anda a ser posta em causa… É uma resposta a uma pergunta que não foi perguntada… um diálogo interno. * Também poderá estar interessado em ler: Sobre as campanhas eleitorais Só para europeu ver […]

Precisamos de um pai… FMI ou União Europeia?

Todos são bons… a Alemanha dá-nos dinheiro, a Espanha um terço da organização do mundial… só nós é que insistimos em portar-nos mal… não cumprimos com nada, não observamos os orçamentos… precisamos de alguém para nos pôr na ordem! Quando será que decidiremos a ser adultos? * Também poderá estar interessado em ler: Só para […]