Notas sobre a construção psico-social da identidade desviante em toxicodependência

revista toxicodependênciasTrabalho de revisão e sistematização de alguns contributos da sociologia da desviância para a área dos comportamentos adictivos.

Pretende-se demonstrar a importância do conceito de subcultura para a compreensão da identidade desviante em toxicodependência. A fundamentação desta pretensão compreende dois momentos: o nível social e o nível individual. No primeiro tentaremos realçar o modo como a subcultura define condicionalismos sociais que influenciam de algum modo as evoluções individuais; no segundo momento, teceremos reflexões em torno dos vários tipos de gestão indispensáveis para que o sujeito possa prosseguir a sua conduta adictiva, a saber: gestão de si em relação aos outros no meio normativo; gestão da sua relação com a substância e com o que a rodeia; gestão cognitiva de si mesmo.

Referência:
Tinoco, R. (1999). Notas sobre a construção psico-social da identidade desviante em toxicodependência. Toxicodependências, 3, 11-23.

Veja aqui

*

Também poderá estar interessado em ler:

Beckham, ficções e identidade pessoal

Diferenças e igualdades:a identidade sexual

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s