Vivências de si na toxicodependência – artigo

fac psicologia portoVivências de si na toxicodependência: análise qualitativa de relatos de heroinómanos recolhidos em contexto institucional

Artigo que resulta de uma síntese de um trabalho de investigação, com o mesmo nome, que resultou numa tese de mestrado clássico, apresentada na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação em 2000.
O resumo que aqui apresentamos foi elaborado a partir da análise de conteúdo de entrevistas efectuadas a heroinómanos em processo de tratamento. Procurámos explorar o modo como os participantes experienciaram os actos e atitudes tomados ao longo do seu percurso de consumidores. Detectámos, assim, diversos momentos que parecem ser decisivos na ocorrência de trajectórias de afastamento ou, pelo contrário, de maior envolvimento com actividades desviantes. É à definição desses momentos, tendo por base um dispositivo metodológico proposto por Foucault (1986), que dedicaremos a maior parte do nosso texto.
Referência:
Tinoco, R. & Fernandes, L. (2002). Vivências de si na toxicodependência: análise qualitativa de relatos de heroinómanos recolhidos em contexto institucional. Psicologia, teoria investigação e prática, 1, 3-17.

Leia aqui

*

Também poderá estar interessado em ler:

Indeterminação biográfica: de condição natural a fissura na história do sujeito

Vivências de si (tese de mestrado)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s