E se fechássemos a televisão?

E se fechássemos a televisão? E destruíssemos os ecrãs e todos os lugares onde pudessem existir imagens? Como seria a nossa vida?

Num período da história bizantina, os imperadores que deram expressão ao movimento iconoclasta tentaram, precisamente, destruir as imagens e criar uma sociedade diferente.

Antes de tudo, porém. algumas palavras sobre a função das imagens nessa sociedade. Sobressaía entre outro género de representações, os famosos ícones. Eles representavam o que estava novamente a acontecer: jurem sobre as imagens sagradas! Através dos ícones ficávamos junto do divino.

Os iconoclastas, porém, decidiram insurgir-se. O Deus não é passível de ser representado. As imagens constituem a literatura dos néscios, dos analfabetos. Os movimentos de resistência, em favor das imagens, multiplicaram-se ao longo de décadas e décadas. No fim, foram estes últimos que acabaram por vencer: ligue-se novamente a televisão!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s