Revista Nova Águia – 009

Do Editorial, sublinhamos: «Por tudo isso, a NOVA ÁGUIA evoca, neste número, os 100 anos da Renascença Portuguesa. Se há 100 anos importava fazer renascer Portugal, quem não dirá o mesmo hoje? Se Portugal há 100 anos parecia morto, quem, hoje, dirá o contrário? Ao evocarmos os 100 anos da Renascença Portuguesa, evocamos pois uma […]

Destrabalhadores

Entro na repartição num dia ensolarado. Tinha-me esquecido como tudo é muito complicado numa repartição: a cruz ultrapassa a quadrícula, a caneta deve ser preta, o formulário é o 32-A. Quando estava na fila de espera já tinha evocado a dissertação poética de Alexandre O’Neill sobre as moscas (as moscas que teimam em adejar as […]

Uma «pedagogia» do dinheiro

Nos últimos anos, diversas televisões nacionais foram invadidas pelos concursos mais improváveis: fechavam-se pessoas em casas, filmando depois as suas interacções e especulando sobre elas; acorrentavam-se seres humanos, entre muitas outras situações. Em certos países europeus, chegou-se inclusive a pensar em fazer um programa com um doente terminal e um conjunto de possíveis receptores dos […]

A cidadania como produto de consumo

O Verão pode ser enganador: apesar das temperaturas escaldantes, os dias continuam a encurtar e bastará o recomeço das aulas para que as ruas se entupam novamente, enchendo as horas de pequenas torturas. Há mil e um motivos para nos lamentarmos do final desta estação tão bela. A razão da nossa lamúria, porém, pode até […]

Onde está a minha morte?

Modernos historiadores levantaram a questão que um dos últimos tabus que ainda vigoram na nossa sociedade tenha que ver com a morte. Numa sociedade em que se tentam ofuscar os limites, em que se encoraja o consumo sem se ter em conta as suas consequências, não existe contra-senso maior, um maior obstáculo do que a […]

A palavra de honra: ditos e por dizer…

Declara nas rádios, em tom acusador, um dirigente partidário: «foi uma quebra grave da palavra de honra.» Ao que pretendeu dizer, soma-se ainda o não dito – revelador – há quebras pouco graves da palavra? * Também poderá estar interessado em ler: Vinho e crédito ao consumo Laocoonte ou a maldição do saber Terrorismo e […]

Disfuncionalidades parentais: um caminho de conclusões erradas

O presente trabalho efectua uma reflexão sobre a forma como os estilos e práticas parentais influenciam as interacções com as crianças e, por consequência, as suas atitudes e comportamentos. Inúmeras investigações debruçaram-se sobre o impacto dos estilos parentais. Pareceu-nos importante analisar os diferentes estilos e a congruência entre eles, a nível longitudinal e transversal. Esta […]