A construção das subjectividades

rostosO sistema constrói quereres compatíveis com as suas decisões.

Jean- François Lyotard (1989). A Condição Pós-moderna. Lisboa: Gradiva Publicações.

*

Também poderá estar interessado em ler:

Interface homem máquina

Sentir e agir

Estratégias da indiferença: a cidade normativa e a outra cidade

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s