A doença da interpretação

Intervir passa muitas vezes por não intervir. Uma passagem de Nancy Boyd Webb chama precisamente atenção para esse facto. A autora realça a reserva que muitos ludo terapeutas têm relativamente a realizarem ligações verbais entre o conteúdo expresso pela criança na brincadeira e as representações a que eles remetem. A criança precisa também de ter espaço […]

O segredo clínico e as novas tecnologias

É um dado adquirido nas relações de ajuda, nomeadamente a psicológica. No entanto, o registo é um outro dado sempre presente na equação. Tradicionalmente esse registo é/ era efetuado em papel. Existem, ao momento presente, uma série de programas e aplicativos tendentes a armazenar informação e, no fundo, substituir o chamado registo físico pelo virtual. […]

Pôrmo-nos no lugar do outro

A mímica, o não verbal, para sermos mais abrangentes, é uma poderosa forma de comunicação. A afirmação é já senso comum e uma infeliz ideia de começar um texto. No entanto, exploremos a ideia… No filme de Richard Attenborough sobre a biografia de Charles Chaplin passa-se a seguinte cena. Chaplin prepara a sua obra O […]

A doença da interpretação

Intervir passa muitas vezes por não intervir. A passagem de Nancy Boyd Webb (que pode ler aqui) chama precisamente atenção para esse facto. A autora realça a reserva que muitos ludo terapeutas têm relativamente a realizarem ligações verbais entre o conteúdo expresso pela criança na brincadeira e as representações a que eles remetem. A criança […]