Medo de pensar e de ser livre

plumas

Portugal conhece uma democracia com um baixo grau de cidadania e de liberdade. Dou a esta última palavra um sentido próximo do sentido espinosista. Sabemos pouco – quero dizer, raros são aqueles que conhecem – o que é um pensamento livre. Raramente no nosso pensamento se exprime o máximo da nossa potência de vida.

José Gil, Portugal Hoje – O medo de existir

*

(fotografia de um detalhe de graffiti encontrado na cidade da Maia)

*

Também poderá estar interessado em ler:

As conclusões que fazemos dos outros

Disfuncionalidades parentais: um caminho de conclusões erradas

Os videojogos: notas para um debate

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s