Velhas drogas, velhos consumos: o lento caminho da desarticulação biográfica

Texto produzido no âmbito de uma investigação financiada pela FCT. No presente artigo, pretende-se fazer uma reflexão crítica sobre certas dimensões presentes nas trajectórias de consumidores de drogas. Para isso, utilizou-se a recolha de histórias de vida de consumidores de heroína. Os testeminhos, passados para suporte escrito, foram depois submetidos a análise de discurso. Os […]

As potencialidades clínicas do biograma – Algumas reflexões

Segundo artigo fruto dos encontros sobre o biograma realizados no CAT Cedofeita e já referidos noutro post. Pretendemos, neste trabalho, expor o nosso modo de utilização do biograma como instrumento de intervenção clínica. Procuramos, nessa reflexão, detectar as potencialidades e constragimentos do instrumentos em relação a um certo número de variáveis clínicas, nomeadamente: a relação […]

Vivências de si na toxicodependência – artigo

Vivências de si na toxicodependência: análise qualitativa de relatos de heroinómanos recolhidos em contexto institucional Artigo que resulta de uma síntese de um trabalho de investigação, com o mesmo nome, que resultou numa tese de mestrado clássico, apresentada na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação em 2000. O resumo que aqui apresentamos foi elaborado […]

Indeterminação biográfica: de condição natural a uma fissura na história do sujeito

Trabalho que propõe conceitos sobre a forma como a história de vida se organiza no percurso de uma biografia de um toxicodependente. Aproveita dois versos do poeta Vasco Mousinho de Quevedo para fundamentar as suas posições. Neste texto, procuramos tecer algumas reflexões em torno das histórias de vida, tendo como pedra basilar o comentário de […]

Notas sobre a construção psico-social da identidade desviante em toxicodependência

Trabalho de revisão e sistematização de alguns contributos da sociologia da desviância para a área dos comportamentos adictivos. Pretende-se demonstrar a importância do conceito de subcultura para a compreensão da identidade desviante em toxicodependência. A fundamentação desta pretensão compreende dois momentos: o nível social e o nível individual. No primeiro tentaremos realçar o modo como […]